sexta-feira, maio 5

...sozinha...

Algo passa por entre os meus olhos
Qualquer coisa que não consigo definir
Deixa-me cega...
Fico... Permaneço onde estou...
Não mexo nenhum músculo
E de repente tudo se ilumina
Estou no canto de uma sala enorme
Rodeada de nada...
Vestida com o nu da minha alma
Sinto-me... Sozinha...
Como nunca me tinha sentido antes
É estranho! Sinto-me cheia de nada...
A felicidade abunda no meu rosto...
E no entanto estou abandonada pela vida
E por todos os que me rodeiam...
Estou... Sozinha!!!

1 comentário:

Marcos disse...

nao estas sozinha!!! estarei sp contigo!

beijinhos